URBELUZ

O setor de iluminação pública no Brasil já conta com 10 PPPs, sendo 4 delas contratadas pela URBELUZ do grupo CONASA. A iluminação pública é o único ativo que consegue cobrir 100% do município permitindo, dessa forma, que sejam agregados vários tipos de serviços como câmeras de segurança, sensores de tráfego, clima, estacionamento, wi-fi, entre muitos outros, preparando os municípios brasileiros para o futuro inegável e inevitável das smart cities.

A primeira transformação desse setor veio com a instalação do Led que traz uma relação cada vez mais eficiente entre o quanto se produz e o quanto se consome em watts. Essa conta já pode promover até 80% de economia no custo da energia elétrica para o município.

A primeira PPP de iluminação pública no Brasil foi assinada pela URBELUZ em 2014, na cidade de São João de Meriti/RJ. Mas é em Caraguatatuba/SP, a primeira PPP de iluminação pública do estado de São Paulo, que está hoje o maior parque de tele gestão funcionando no país, com 8 mil luminárias instaladas. Em Mauá/SP uma das outras PPPs da URBELUZ, várias obras foram realizadas com foco na implantação de luminárias LED e controle automático em tempo real de toda a rede de iluminação, facilitando a manutenção e atendimento à população.

Neste caminho para a transformação das cidades em inteligentes, a CONASA assinou um memorando de entendimento com a NEC - multinacional japonesa de tecnologia - para oferecer uma solução conjunta e mais completa para cidades inteligentes no Brasil. O documento representa a intenção das duas companhias de realizar projetos em parceria. Em conjunto, ambas as empresas já estão atuando em estudos para propor soluções cada vez mais tecnológicas e sustentáveis para os municípios.

Desta forma, a CONASA passa a contar com a expertise em soluções de comunicação e plataformas de monitoramento que utilizam ferramentas avançadas como Internet das Coisas, inteligência artificial, análise de comportamento, reconhecimento facial, entre outras.

Visitar site