Notícias

14 Julho 2016 • Notícias

RIO JUNDIAÍ TERÁ NOVAS AMOSTRAS DE ÁGUA COLETADAS PARA ANÁLISE

RIO JUNDIAÍ TERÁ NOVAS AMOSTRAS DE ÁGUA COLETADAS PARA ANÁLISE

Ecoesportista Dan Robson, que integra o projeto Águas do Amanhã, fará o percurso de 123 km no Rio Jundiaí de 16 a 22 de julho a convite da Conasa Sanesalto

O Ecoesportista Dan Robson, que realiza desde 2009 percursos em rios importantes de bacias hidrográficas brasileiras para análise da qualidade das águas, fará novamente o percurso de 123 km no Rio Jundiaí a convite da Conasa Sanesalto, empresa responsável pela coleta e tratamento de esgoto no município de Salto/SP. O percurso inicia no município de Mairiporã no dia 16 de julho e finaliza em Salto no dia 22 de julho.

Durante o trajeto, Dan irá coletar amostras de água para análise química que vão avaliar nível de oxigênio, pH, temperatura, presença de metais pesados, entre outros itens que trazem índices para análise da qualidade da água. O trajeto será feito com um kayak equipado com tecnologia de ponta. A expedição ainda vai analisar, por parâmetros visuais, a presença de odores, lançamentos de esgoto, tubulações clandestinas e lixo flutuante.

A primeira expedição de Dan Robson no Rio Jundiaí, a convite da Conasa Sanesalto, foi realizada em fevereiro de 2014. Na época, em uma escala de 1 a 4, sendo que classe 1 indica transparência das águas, o Jundiaí ficou entre as classes 3 e 4. A constatação é que haviam muitos resíduos industriais, além de descartes de pneus e garrafas pet em quantidade. A expedição que percorreu os municípios de Francisco Morato, Campo Limpo Paulista, Várzea Paulista, Jundiaí, Itupeva, Indaiatuba e Salto.

SOBRE A CONASA SANESALTO

Quando a Conasa Sanesalto iniciou a operação em Salto, em 2007, o município coletava e tratava apenas 19,7% do esgoto gerado. Hoje são coletados e tratados 96% esgoto gerado. A Companhia está implantando atualmente um novo sistema de pós-tratamento de esgoto na Estação de Tratamento Santa Isabel. Os novos tanques permitirão a devolução ao Rio Tietê de água com até 95% de eficiência na remoção da carga orgânica do efluente tratado. O sistema, que substituirá o atual, vai incluir tanques de aeração e decantador secundário.

SOBRE O PROJETO ÁGUAS DO AMANHÃ

O projeto Águas do Amanhã consiste em uma fiscalização ambiental por meio de ações de controle e vigilância executadas pela coleta de amostras de água destinada a impedir atividades consideradas lesivas ao meio ambiente ou que estejam sendo realizadas em desconformidade com a legislação. Dan Robson acumula 15 anos de experiências em projetos e expedições, tendo sido premiado internacionalmente na Europa e Estados Unidos.

Veja também

12 Abril 2018 • Notícias

CONASA INICIA OBRAS PARA ETE EM MACEIÓ

CONASA INICIA OBRAS PARA ETE EM MACEIÓ

... ...

20 Novembro 2017 • Notícias

SANETRAT EXPANDE BASE DE CLIENTES INDUSTRIAIS

SANETRAT EXPANDE BASE DE CLIENTES INDUSTRIAIS

...

15 Janeiro 2018 • Notícias

CONASA FARÁ INVESTIMENTOS EM MACEIÓ

CONASA FARÁ INVESTIMENTOS EM MACEIÓ

...